web analytics
como economizar em viagens internacionais

6 Dicas de como economizar em viagens internacionais

Vai viajar para o exterior pela primeira vez? Siga essas incríveis dicas de como fazer seu dinheiro render bastante durante suas férias. Acompanhe o artigo!

1. Aproveite as ofertas de pacotes de viagem

É sempre mais rentável para os turistas comprar um pacote de viagens de uma só vez. Isso se aplica não apenas aqueles restaurantes que tem o menu executivo  (a propósito, sempre peça em um café um “menu do dia”, uma oferta de pratos prontos costuma ser bem mais baratos do que individualmente, à la carte). 

Em muitos países, serão oferecidos bilhetes turísticos uniformes para transportes públicos e museus. Por exemplo, em Roma, esse bilhete é chamado RomaPass, em Riga – RigaPass. Você pode se informar sobre essas oportunidades e comprar ingressos nos postos de informações turísticas.

Aliás, você sabia que esses bilhetes turísticos são ótimos presentes para quem gosta de viajar

2. Saiba onde trocar  moeda 

Em muitos países trocar moeda no aeroporto ou no centro da cidade no primeiro banco que você encontrar pode não ser a melhor ideia ou pode ser que seja sim. Vai depender muito para onde você está indo.  

Pior ainda é usar um trocador suspeito ou trocar dinheiro nas mãos, em plena rua turística. Dessa forma, você pode se deparar com golpistas.

 Retirar dinheiro de um caixa eletrônico geralmente também não é muito lucrativo – as comissões podem chegar a 10-15% do valor.

Muita gente prefere trocar moeda com antecedência. E existem várias maneiras de tornar isso mais lucrativo.

Se você conseguiu um cartão de moeda – e ainda mais fácil, você pode trocar seu dinheiro por moeda local no aplicativo do banco.

Então a dica aqui é pesquisar bastante sobre onde você está indo. 

como economizar em viagens internacionais

3. Alugue um apartamento

No pico da temporada turística em áreas populares, pode não haver quartos de hotel a preços razoáveis, mesmo vários meses antes da sua chegada. Mas os proprietários de apartamentos geralmente estão prontos para oferecer a você não as piores opções de hospedagem – por exemplo, através do Airbnb ou do Booking – opções bem mais baratas que os hotéis convencionais.

A principal vantagem: o apartamento terá sua própria cozinha – novamente, economia. Além disso, a proximidade com os locais permitirá que você sinta melhor a atmosfera da cidade.

4. Obtenha descontos

Em muitos países, os cupons são muito populares – serviços de Internet que coletam ofertas lucrativas de várias empresas. Com um grande desconto – até 70-80% – você pode comer em um restaurante, ir a um teatro ou a um parque de diversões, andar de barco de recreio ou quadriciclo. Para fazer isso, você só precisa comprar um cupom no site agregador (por exemplo, Groupon ou LivingSocial – pode haver serviços locais semelhantes em diferentes países). Em alguns desses recursos, você pode até reservar um bom hotel bem mais barato. 

5. Vá por convite e se hospede na casa dos amigos e parentes

Você pode fazer o mesmo se tiver parentes, amigos ou apenas conhecidos morando no exterior. Peça-lhes para enviar o convite que você precisa apenas para viajar para lá. E você, novamente, pode viver onde quiser, sem sobrecarregar os “benfeitores” estrangeiros com sua presença.

6. Viaje em grupo ou a dois

Você sabia que viajar em grupos é mais barato do que viajar sozinho?

 As primeiras economias são sentidas na hospedagem. O custo de acomodação em quarto duplo para cada um pode ser de até 50%. Em alguns hotéis, especialmente sem refeições incluídas, o custo é geralmente cobrado por quarto, sem levar em consideração o número de hóspedes. Nesse caso, você geralmente paga metade do valor.

Você tem mais dicas sobre como viajar mais barato? Deixe-nos saber das suas experiências.

Para saber mais sobre viagem e turismo pelo mundo acesse Elizabeth Werneck

Jornal de Portugal 2021